Textos

MAGMA
M A G M A

Magma incandescente,
vulcão de lavas lascivas,
explode no plexo solar,
erotismo incontrolável.

Sobe a ladeira da paixão,
transforma atos em fatos,
movimentos ondulatórios,
transpira sexualidade.

Contorce-se languidamente
entre pernas e lençóis,
beijos e espumas,
gemidos congênitos.

Sepultado na ânsia de morrer,
de sucumbir e ressuscitar,
recrudescer nos braços da agonia,
abrir os olhos para o infinito
só sente prazer da carne.

Anchieta Antunes
Gravatá – 21/04/2015.
Anchieta Antunes
Enviado por Anchieta Antunes em 12/05/2015


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr